Bebé e Mamã

CÓLICAS NO BEBÉ

As cólicas são dores abdominais intensas que podem ser causadas por deglutição excessiva de ar, imaturidade gastrointestinal e tensão emocional. Manifestam-se por períodos súbitos de choro agudo e persistente, muitas vezes sem causa identificável em crianças saudáveis.
Os bebés com cólicas têm crises quase diárias de choro, fletindo repetidamente os joelhos sobre a barriga. Estas crises costumam, em geral, ser mais intensas quando a criança está a mamar, havendo tendência para largar o mamilo.
O que fazer quando o bebé tem muitas cólicas:
– A mamada ou refeição deve ser dada num ambiente calmo, sem pressa e sem grande movimento de pessoas à volta;
– A deglutição de ar deve ser evitada, por isso, as mamadas não devem exceder os vinte minutos. A tetina do biberão (se for o caso) deverá ter o orifício adequado e deverá estar na posição que minimizar a entrada de ar;
– Pôr uma música suave e o bebé ao colo com a barriga para baixo e massajá-la, (antes de iniciar a massagem, aplique um óleo de bebé nas suas mãos); funciona muito bem e dá conforto ao bebé;
– Para além de todas estas medidas não farmacológicas, poderá também dar um anti flatulento, pelo que deverá ter o cuidado de respeitar as doses e a duração do tratamento;
As cólicas no bebé podem ser assustadoras para os pais, mas são perfeitamente naturais e, sobretudo, temporárias, fazendo parte do desenvolvimento do bebé.